terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Crepúsculo


O que se espera de um filme que, aparentemente, fala sobre vampiros e outros seres fantásticos? Eu, pelo menos, não esperava nada mais que um amontoado de clichês totalmente desnecessários extraídos de um best-seller cultuado por adolescentes – na maioria dos casos. Entretanto, saí da sessão de Crepúsculo com gostinho de quero mais, louco para saber o que irá acontecer “nos próximos capítulos”. Como não li o livro de Stephenie Meyer, tratei a fita como se fosse embasada num roteiro original e, na verdade, tudo é bem original mesmo.

Isabela Swan (Kristen Stewart) vai morar com seu pai em uma nova cidade, depois que sua mãe decide casar-se novamente. Já no primeiro dia na nova escola vê-se encantada por Edward Cullen (Robert Pattinson), um garoto esquisito aos olhos de todos e que guarda um segredo conhecido apenas por sua família. Não demora muito para Bella e Edward se apaixonarem e, como mandaria o figurino, viverem uma linda história de amor. Mas esta última parte demora a acontecer, pois o segredo dele é algo que poderia colocar a vida da moça em perigo. No fundo, Bella sabe que ele não é normal, e acaba descobrindo que, na verdade, Edward faz parte de um clã de vampiros. A cena em que ela revela saber a verdade sobre ele é dirigida de forma singular pela ótima Catherine Hardwicke: cenas com a câmera em movimentos giratórios e closes no casal. Tudo se encaixa e eles conseguem conviver com as diferenças, até que num jogo de baseball com os Cullen (outra cena maravilhosa em termos visuais), Bella é exposta ao perigo, quando um vampiro sedento por sangue humano, a acha e decide capturá-la custe o que custar. Desta forma, toda a família de Edward se mobiliza para proteger a menina, mas um final interessante está guardado para ela.

Os clichês existem, mas não no que diz respeito ao tema. Eles aparecem, inevitavelmente, nos diálogos inspirados e apaixonados entre o casal, mas tudo dentro da proposta do filme. Ao contrário do que já ouvi, acho o elenco muito bom, com destaque para a talentosa Kristen e Robert, já que a química entre os dois é assustadora. Só queria comentar, ainda acerca do elenco, sobre a presença de Elizabeth Reaser como a mãe de Edward: ela é uma atriz excelente que já mostrou seu talento na série Grey’s Anatomy. Passando para a parte técnica, comentei com algumas pessoas sobre o visual do longa. O tempo todo somos guiados por lugares escuros, chuvosos e nublados, mas a fotografia acompanha cada um destes artifícios e se faz excelente. Óbvio que as majestosas locações (vide a cena do vôo entre as árvores) contribuem também. Alguns nem perceberam, mas a estética nas cenas filmadas na floresta é muito interessante, primando por fumaça (neblina, na verdade), o que denota a nebulosidade da história. Contudo, acredito que o trunfo em termos técnicos seja a composição musical de Carter Buwell: que trilha fenomenal! Sombria, clássica, frenética e romântica, tudo dentro do momento certo. Mesmo com clichês, o filme torna-se totalmente cabível e mesmo com cenas em aberto, fico feliz que temos mais três adaptações pela frente.


Nota: 8,5


Twilight; EUA, 2008; DRAMA/ROMANCE/AVENTURA; de Catherine Hardwicke; Com: Kristen Stewart, Robert Pattinson, Taylor Lautner, Michael Welch, Justin Chon, Peter Facinelli, Kellan Lutz, Cam Gigandet, Anna Kendrick.

12 comentários:

Kaio disse...

O tema não me interessou mesmo,e o trailer tbm não ajuda muito,mas alguns criticos gostaram do filme.Devo ver em dia de promoção pra não sair no prejuizo :D.

Mayara Bastos disse...

Olá, Kau! Tdo bem?

Como disse no blog da Kamila, eu não estava muito curiosa no livro e nem no filme. Agora, com a nota que vc e a Kamila deram, talvez, eu crie coragem e vejo! rsrs.

Fique bem, beijos! ;)

Kau disse...

Kaio, eu acho que não sairá do prejuízo...hahahahah!

Mayara, tudo ótimo e vc? Bom, não vou negar que tb não esperava nada do filme. E confesso que fiquei surpreso com a nota da Kamila! Mas o filme merece; é muito bom! Beijos.

cinefilapornatureza disse...

Kau, você já sabe que eu me senti igual à você após assistir "Crepúsculo": não esperava muita coisa do filme, mas fui totalmente conquistada pela história de amor vivida entre Bella e Edward. A Catherine Hardwicke realmente surpreende com a parte técnica de seu filme e adorei os aspectos citados por você em seu texto, especialmente a química e as performances de Kristen Stewart e Robert Pattinson.

Pedro Henrique disse...

Até que eu dei uma dica boa entao, apesar de nao ter gostado tanto quanto voce do filme!

jeff disse...

Kau, não estou com a menor vontade de assistir Crepúsculo. Ou melhor, não estava. aTambém queria passar longe do livro, mas ouvi grandes elogios ele também.
Enfim, vamos ver... Se a vontade bater muito forte, irei parar de graça e vou assistir - ou ler. hehe

[]s!

Romeika disse...

Kau, parece q este filme eh muito bom, mas eu esperava justamente o contrario. O ultimo filme hollywoodiano de vampiros que amei foi "Entrevista com o vampiro", faz tanto tempo.. Este ano vi um filme "de vampiro" sueco chamado "Let the right one in", gostei bastante, fresco e original, nem uma pitada de cliche.

Kau disse...

Kami, acredito que o visual do filme seja o seu principal atratativo mesmo. Algumas cenas são brilhantes em termos de locações. Beijos!

Pedrão, achei que vc daria uma nota aé maior que a minha! Fez a maior propaganda e tal, hahahahaha. Abraços!

Jeff, eu tb estava assim. Sem a menor vontade de ver... mas me surpreendi. O livro sim é capaz que eu não leia. Abraços!

Romeika, acreditas que nunca vi Entrevista com o Vampiro?? E realmente tem muita gente elogiando Deixe Ela Entrar. O filme está empatado com The Wrestler no Rotten com 97%!!! Beijos!

Sérgio Déda disse...

Sinceramente... não tow com muita vontade de assistir este filme, talvez eu assista, quem sabe, mas por enquanto... rsrs

Kau! Feliz natal meu caro! Tudo de bom pra vc!

Kau disse...

Sérgio, é bom! Acho que vc não vai se arrepender tanto. Tudo de bom pra vc guri!!! Abraços.

Vinícius P. disse...

Uau, antes de comentar sobre o post, quero dizer que adorei o novo visual do blog e esse banner ficou fantástico! Quanto ao filme, não esperava que fosse tão bem recepcionado entre os blogueiros, sem dúvida estou mais animado para vê-lo após os comentários positivos que li ultimamente.

Bem, um excelente Natal para você, Kau!

Kau disse...

Vinícius, obrigado pelo elogio! Sobre Twilight, é um ótimo filme. Vale muito a pena. Abração e tudo de bom pra vc!