domingo, 15 de março de 2009

30 Dias de Noite


O clima dark, remoto e gelado do Alaska ajudou a montar este filme que, por muitos, foi considerado um dos melhores terrores da atualidade. O que acontece é que, desde os primeiros minutos de 30 Dias de Noite, o diretor David Slade faz questão de tentar explicar o porquê de aquelas pessoas viverem de forma tão isolada e esta explicação tenta ser embasada com algumas metáforas infundadas. Durante trinta dias de inverno, a cidade ficará na completa escuridão – o que, de fato, acontece por lá – e durante estes “dias de noite” um grupo de coisas atacará a população local. Refiro-me às “coisas” por que simplesmente não sabemos o que eles são. As sinopses que encontramos nos dizem que é um grupo de vampiros, mas o roteiro não deixa claro se realmente são e, inclusive, de onde vieram.

Eben (Josh Hartnett) é o xerife local e está aparentemente perdido por ter terminado seu relacionamento com Stella (Melissa George), mas a vida dos personagens não vem ao caso. Quando um estranho (Ben Foster como sempre excelente) chega à cidade, fatos estranhos começam a acontecer e tudo indica que ele sabe o que está por vir. Surge então, do nada, um grupo de seres que se alimentam de sangue (ou carne?) humano e obviamente vão dizimar parcialmente o local. Não sabem, porém, qual a relação entre o estranho e o grupo sanguinário. Assim, por trinta intermináveis dias escuros, os sobreviventes terão que se virar para não caírem nas garras dos seres. O desenvolvimento da fita não tem nenhum diferencial: é igualzinho aos demais filmes do gênero que estamos cansados de ver. Não posso negar que algumas sequências são tensas e tomei um ou dois sustos. Porém, tudo desemboca num final que beira o ridículo.

A técnica da película é bem interessante. Jo Willems é certeiro na escolha de ângulos que favoreçam o clima sombrio do filme e faz com que a fotografia seja bastante correta. Não sei bem se aquele vilarejo já existia; se é tudo fruto de um desenho de produção, a direção de arte é sensacional. A maquiagem é competente e os efeitos visuais também. O elenco tenta e se esforça, mas o roteiro (de Steve Niles, Stuart Beattie e Brian Nelson, baseado em quadrinhos de Steve Niles e Ben Templesmith) é confuso e não desenvolve os personagens. Óbvio que sou obrigado a citar, em especial, o subestimado Ben Foster que, pra mim, sempre está maravilhoso no cinema (e não fez por menos na obra-prima televisiva Six Feet Under). Por ser baseado em quadrinhos, o texto deveria ser bem mais claro e coerente, o que está longe de ser. Mesmo sendo tecnicamente bem legal, 30 Dias de Noite torna-se uma tentativa errônea de transpor um material que deve ser muito bom. É só mais um filme com muito sangue e pessoas sendo comidas por seres vindos do nada...


Nota: 5,0

30 Days of Night; NOVA ZELÂNDIA/EUA, 2007; TERROR/SUSPENSE; de David Slade; Com: Josh Harnett, Melissa George, Danny Huston, Ben Foster, Mark Boone Jr., Mark Rendall, Manu Bennett, Amber Sainsbury.

20 comentários:

pedro tavares disse...

Cara, tenho vontade de conferir este filme. Mas venho adiando desde quando foi para os cinemas, mas tomarei coragem esta semana hehehe

Jeniss Walker disse...

funciona bem como diversão escapista.
mas decepcionou uma pancada de gente que esperava mais um filme de impacto do diretor Slade (Menina Má.
abraço, Kau.
:)

- cleber . disse...

Bem ... este é um filme que me agrada e concordo com você Kau, que de fato não temos bem um desenvolvimento muito bom dos atores, só um massacre infernal e sangue pra todo lado, mais uma parte tecnica muito boa!

Um filme raso!

Robson Saldanha disse...

Estranho... nunca tinha ouvido falar!! Fiquei curioso mesmo com nota e comentários!

Kamila disse...

O Ben Foster é o melhor elenco e o que chama, definitivamente, mais atenção neste filme é a fotografia. O visual de "30 Dias de Noite" também é excelente e me lembro que a obra causou muito medo em mim.

Beijos!

Ibertson Medeiros disse...

Também achei uma boa diversão, mas que não acrescenta nada ao gênero. O roteiro realmente é meio confuso. Ben Foster é um ótimo ator.

Alex Gonçalves disse...

Kau, eu não acho o Ben Foster tudo isso que o pessoal tem o hábito de dizer. E o filme, como já disse, tenho em DVD. Me recordo que na época do lançamento eu queria ver mais pelo fato de ter a Melissa George no elenco do que qualquer outra coisa. Mas acabei adiando, adiando. E agora não sei quando devo assistir.

Abraços!

Mayara Bastos disse...

Olá, Kau! Tudo bem?

Ainda não vi este, por ter um pouquinho de medo, rsrsrsrsrs. Mas tentarei criar coragem.

P.S.: Fiquei sabendo agora do estágio, parabéns. Desejo muita sorte e tudo de bom a você. Você merece. ;)

Beijos e tenha uma ótima semana! ;)

Kau Oliveira disse...

Pedro, eu conheço a lot people que adoraram o filme.

Jeniss, eu realmente acho Menina Má.Com melhor que este, mas ainda assim é bem fraco. Abs!

Cleber, e não só desenvolvimento de personagens né?! O roteiro é preguiçoso demais!

Robson, juro que não conhecia??? Dá uns sustos e provoca uma tensão. Mas no geral é bem qualquer coisa.

Kami, concordo com tudo o que vc falou. Como eu disse, se eles montaram aquele vilarejo seguindo um desenho de produção, reverencio o diretor de arte! Beijos!

Ibertson, meu maior problema foi com a falta de um roteiro convinvente. Acho que se ele o fosse, daria um bom filme.

Alex, é capaz que vc goste. Pra quem acha a Kyra bonita... enfim... rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs E o Ben Foster é ótimo, ao menos pra mim. Assista a terceira e quarta temporada de SFU e veja como ele é excelentes. Abs!

Mayara, tudo bem e vc?! Sinceramente??? Assustei uma ou duas vezes no filme... A maquiagem das "coisas" pode ser bem feita, mas não fiquei com medo. MUITO obrigado pelos parabéns! Estou bem feliz... Beijos e excelente semana!

THIAGO PAULO disse...

Kauê, eu adorei esse filme, senti muito medo com clima sombrio. e olha que fazia tempo que não sentia isso em um filme.

Realmente, o final não é dos melhores, porém, acho que o filme é legal.

Abraços...

Fernando Ribeiro disse...

Agora o Ante-Cinema está em www.ante-cinema.com.

Contamos com a tua visita!

Vinícius P. disse...

O elenco desse filme é super interesante (menos o Hartnett, claro), mas nunca tive uma maior vontade de conferi-lo...

Alyson Xyzyx disse...

Poderia ser um dos melhores filmes de horror do ano, tornar-se um clássico numa época em que os filmes do gênero não apresentam qualidades muito consideráveis, mas possui diversos erros de roteiro e acaba por ser raso, por não usufruir de um lugar isolado, frio e sombrio como aquele. O que destaco é que Slade tem bons closes de câmera. No mais, ficou devendo. Abração, Kau.

Marcel Gois disse...

Ainda não vi esse filme, até gosto do gênero, mas não sou espectador assíduo ele sempre acaba preterido nas minhas escolhas. =)

Weiner disse...

Kau, achei este filme patético! Assisti ele numa noite chuvosa (medo!) esperando me assustar e no fim acabei rindo a valer de várias cenas. Josh Hartnett está novamente ruim, igual a TODO o filme.
Exceto é claro, a maquiagem. E, sinceramente, se eu quisesse ver um filme sanguinolento, alugava "O Massacre da Serra Elétrica". =)
Abraços, Kau!!!!

Sérgio Déda disse...

Tenho certo interesse em conferir o longa, mas nem tanto. Seu texto acabou por me desanimar mais ainda hehehe.

Romeika disse...

Kau, achei este filme tao chatinho, assisti e rapidamente o deletei da minha mente.. Bjs!

Museu do Cinema disse...

Vixé, tô fora!

Kau Oliveira disse...

Thiago, achei o filme totalmente sem pé nem cabeça. Por ser baseado em uma HQ, deveria ser melhor explorado. Abs!

Fernando, vou dar uma olhada!

Vinícius, o único do elenco que supera o patamar de ótimo é Ben Foster. De resto, são somente corretos.

Alyson, exatamente. Poderia ser um belo filme, se tivesse um melhor desenvolvimento de seu roteiro que, com certeza, é riquíssimo. Abs!

Marcel, não gosto muito de filmes de terror. Mas tem exemplares que eu simplesmente adoro. 30 Dias de Noite, decididamente, não entrou para este grupo...

Weiner, não é?? Muito sangue, um clima dark, excelente técnica e um filme vazio, confuso. Poupe-me produtores!!! Abs!

Serginho, o pior é que não conheço ninguém por aqui que tenha dado uma nota maior que a minha...

Romeika, esqueci de citar isso. Tb achei bastante boring e fiquei com MUUUITO sono em algumas partes. Beijos!

Cassiano, muito bem!

Pedro Henrique disse...
Este comentário foi removido pelo autor.