sábado, 20 de dezembro de 2008

Top 10 of 2008

Como muitos amigos blogueiros andam fazendo nesta época, soltarei a minha lista dos dez melhores filmes deste ano que termina. Devo dizer que fiquei horas analisando minha lista, que originalmente continha dezoito filmes, para eliminar os que estavam "sobrando". Foi difícil, muito difícil; mas ela está prontinha. Ao final, farei dois breves comentários, sendo que um deles responderá uma pergunta que, com certeza, estará na mente de vocês quando terminarem a lista.


10. "Persépolis" (Persepolis, de Vincent Paronnaud e Marjane Satrapi)


Animação francesa de extrema qualidade textual, Persépolis não pôde ficar de fora. Abordar a história de uma menina de oito anos que sonha em ser uma profetisa do futuro tendo como pano de fundo a entrada da nova República Islâmica, não é para qualquer um.



9. "Onde os Fracos Não Têm Vez" (No Country for Old Men, de Joel Coen e Ethan Coen)


Os divertidos irmãos Coen deixam o humor de lado e nos apresentam um drama fortíssimo sobre a violência e a maldade. E não pára por aí: acredito que o filme seja um conto sobre violência no qual há uma personificação da maldade (Javier Bardem). Com uma fotografia impecável de Roger Deakins e uma edição precisa, a fita conquista o nono lugar.



8. "O Assassinato de Jesse James Pelo Covarde Robert Ford" (The Assassination of Jesse James by the Coward Robert Ford, de Andrew Dominik)

Facilmente, levando em consideração sua data de estréia nos Estados Unidos, esta fita entrou na minha lista do Oscar 2008. Adaptado do genial livro de Ron Hansen, o filme mostra a vida de Jesse James e seus conflitos. Nos faz crer que, muias vezes, nossos inimigos estão mais próximos do que imaginamos. Em termos de técnica, mais uma vez Roger Deakins e sua bala fotografia. OBS.: a estréia nacional foi em 2007, mas ele acabou estreando aqui na cidade somente este ano. Desta forma, o considero fruto de 2008.


7. "Estômago" (Estômago, de Marcos Jorge)



Quase havia me esquecido desta belíssimo exemplar nacional. Além de ter tido o privilégio de dar uma espiada nas gravações, que também aconteceram aqui em Curitiba, o filme me conquistou por ser uma fábula para adultos. Caricata na medida certa, fotografada, musicada e editada de maneira fantástica. Talvez o seu desfecho esteja entre os mais incríveis do ano.



6. "Queime Depois de Ler" (Burn After Reading, de Joel Coen e Ethan Coen)



Não tem pra ninguém! Mesmo não faturando o primeiro lugar, os Coen estão duplamente, e com louvor, no meu top. "Queime Depois de Ler" é o oposto do nono lugar: divertidíssimo. Com um roteiro instigante e absurdamente inteligente e um elenco afiadérrimo, os brothers conseguem produzir algo delicioso de se ver. Não preciso dizer que, pra mim, a estrela do filme é Brad Pitt e seu insano personal trainer. Na verdade, o trio Fraces, Brad e John são espetaculares aqui.



5. "Batman - O Cavaleiro das Trevas" (The Dark Knight, de Christopher Nolan)

Não gosto de filmes de super-heróis. Mas devo tirar o chapéu para Nolan, uma vez que o seu trabalho anterior ("Batman Begins") me convenceu demais. The Dark Knight, pra mim, é antes de tudo um filme político. Não tem nenhum artifício mirabolante e, mesmo assim, consegue estar praticamente em todos os top's da temporada. Não preciso dizer nada sobre a arrebatadora atuação de Heath Ledger...


4. "4 Meses, 3 Semanas e 2 Dias" (4 Luni, 3 Saptamani si 2 Zile, de Cristian Mungiu)

Forte. Este é um adjetivo que consegue resumir a fita mais polêmica do ano. Um filme composto por um elenco formidável e planos mais que irretocáveis do diretor Cristian Mungiu. Além de tudo, o filme romeno preterido no Oscar, lá no fundo, tem resquícios de sensibilidade - mesmo a cena final sendo quase que indigesta. Forte ou não, polêmico ou não, "4 Meses, 3 Semanas e 2 Dias" é um exemplar maravilhoso.



3. "Na Natureza Selvagem" (Into the Wild, de Sean Penn) > BRONZE



Não foi só a sensibilidade absurda deste filme que me conquistou. Se pararmos para observar, a sua técnica é impressionante, desde a fotografia quase que pintada, passando por uma montagem a la Jay Cassidy e terminando nas canções encantadoras de Eddie Vedder. Óbvio que não vou enganá-los: chorei por alguns minutos depois do filme.



2. "O Escafandro e a Borboleta" (Le Scaphandre et le Papillon, de Julian Schnabel) > PRATA


Sem a menor dúvida, a produção franco-americana tem, provavelmente, a melhor fotografia do ano. Praticamente o tempo todo trabalhando em closes, fica difícil obter um resultado fotográfico tão perfeito como o mestre Janusz Kaminski conseguiu. Além de tudo, Julian dirige de forma originalíssima e ousada, nos fazendo entrar no personagem principal. Nota dez, também, em termos de montagem e elenco.



1. "Sangue Negro" (There Will be Blood, de Paul Thomas Anderson) > OURO

Que dúvida. Não é exagero de minha parte quando digo que esta fita de Paul Thomas Anderson, por enquanto, é a melhor desta década. Uma obra-prima suprema que fez-me sair do cinema em prantos. Não por ter ficado com pena do personagem de Paul Dano, mas sim por Sangue Negro ser tão irretocável e, a meu ver, uma aula de cinema. Com uma nota dez integral, o filme do seguidor de Robert Altman, trás consigo a melhor direção de arte, a melhor atuação masculina em papel perincipal (Daniel Day-Lewis) e coadjuvante (Paul Dano), a segunda melhor trilha sonora (Jonny Greenwood) e a segunda melhor fotografia (Robert Elswit) do ano. Além, claro, da direção mais majestosa da temporada. Celebremos a Sétima Arte com este espetáculo!


Menção Honrosa: "Mamma Mia! - O Filme" (Mamma Mia!, de Phyllida Lloyd)


Odiado por 90% dos cinéfilos, "Mamma Mia! - O Filme", adaptação do delicioso musical da Broadway, me conquistou do início ao fim. É minha menção honrosa, pois por pouquíssimo não entrou na lista, mas merece ser comentado. Lembram do meu texto logo no post abaixo sobre O Poder do Cinema? Pois bem. Esta fita me fez um bem absurdo e veio num momento que eu realmente estava precisando. Merece meus elogios por ter um elenco super legal, ótimas locações e figurinos muito simpáticos.


Cometários:

- Sim. "Wall-e" está fora da lista e, para falar a verdade, nem entrou na pré-lista. É, tecnicamente, brilhante; um deslumbre visual. A sua sequência inicial é um estrondo de bela, mas os atos seguintes são fracos e clichês. Mesmo com uma das canções mais lindas da temporada ('Down to Earth', de Peter Gabriel), a animação fica com uma nota que não a classifica entre os dez melhores filmes de 2008.

- Doeu, também, ter que excluir "O Nevoeiro" da lista. Contém a sequência final mais genial da temporada, mas ocupa o décimo primeiro lugar, uma pena!


Espero não ter magoado ninguém com algumas exclusões. Abraços!

29 comentários:

Romeika disse...

Kau, ficou muito boa a sua lista! Acredito que vc nao gostou de "Atonement", filme que talvez ficaria no meu top 5. Mas concordo com o seu primeiro lugar, "Sangue Negro" eh majestoso. E que maximo deve ter sido espiar as gravacoes de um filme. Bjs!!

Rafael Moreira disse...

Ah Kau, magoou sim! kkkkkkk
Já sabia o primeiro lugar desta lista assim que li o título do artigo. É uma pena que "O Nevoeiro" não esteja aí. Por pouco, hein? Você não gostou de "Desejo e Reparação"? E "Juno"? E sério, tu achou "wall-e" clichê? Kkkkkkk.

Lógico, cada um tem sua opinião. E eu respeito cada uma delas. Mais que merecido "Sangue Negro" está em primeiro, embora se a lista fosse minha esse não receberia a medalha de ouro. Estou com uma resenha de "Sangue Negro" quase pronta e quando eu postar não quero que deixe de expressar sua opinião, entendido? Cara, meu sonho é assistir as gravações de um filme... deve ter sido muito massa, hein? Imagino o quanto foi difícil decidir os dez.

Mesmo com algumas coisas a discordar sua lista está boa! Não vô dizer que tá excelente, por que tenho certeza que pra ninguém vai tá, pois todo mundo tem opniões diferentes...

Abraço e bom domingo pra você!

Kau disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rafael Moreira disse...

Desculpa o longo comentário de novo...

Kau disse...

Romeika, não é que não tenha gostado. O filme é tecnicamente brilhante, mas três quesitos me irritam nele: Keira, James e o roteiro (deveria dar ênfase aos sentimentos de Briony e fazer dela a personagem principal do filme, não focar o romance entre os outros dois). E sim! Pude ver, mesmo que de longe, dois dias das gravações de Estômago e foi o máximo... chorei, hahahaha! Beijos.

Rafael, como disse à Romeika, Keira, James e o roteiro de Atonement me irritam bastante. Mesmo assim, o filme sai com nota alta (8,0). Juno... é uma graça, inteligente e muito interessante. Leva a mesmíssima nota de Desejo e Reparação, o que não o qualifica para estar na lista (notas de 8,5 para cima). Pode ficar sossegadão que lerei seu texto e direi minha opinião. E me poupe! Não deve desculpar-se pelo tamanho do comentário!! Ótimo Domingo para você também! Abraços!

Mayara Bastos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mayara Bastos disse...

Olá, Kau! Tdo bem?

Òtima lista! W adorei a menção honrosa para "Sangue Negro". Sobre "O Nevoeiro", é um filme bom, mas não entra no meu top 10! "Juno", irá entrar na lista dos cinco melhores filmes de comédia de 2008 lá no blog!

Beijos e tenha um ótimo fim de semana! ;)

Hugo Leon disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Hugo Leon disse...

E QUEIME DEPOIS DE LER, não viste ??

Kau disse...

Mayara, tudo e bem e vc? Na verdade, a menção honrosa foi para Mamma Mia! - O Filme. Sangue Negro ficou com a medalha de ouro!! Juno é uma delícia, mas não conseguiu entrar aqui, uma pena! Beijos e ótimo fds!

Hugo, Queime Depois de Ler está firme e forte na lista, ali na sexta posição.

Jonathan Rodrigues (Conta do Orkut) disse...

muito legal a lista, gostei bastante, dos filmes que vi, todos sensdacionais

claro que não gostei da menção honrosa haushsuhasuahs

claro que eu colocaria waall.e, não necessáriament enum toip 5 mas colocaria

enfim, depois de um tempo (la pro dia 28, por aí)
passa la no meu blog que vou postar a minha lista

- cleber ! disse...

Não consigo me adaptar a essa coisa de data de estreia, por misso levo em conta o ano na qual, o filme foi feito ^^' !
Òtimo, TOP 10, não vi ainda PERSEPOLIS e ESTOMAGO ... os outros... fantasticos ;D

Weiner disse...

Você magoou meu coração ao excluir "Wall-E" e "O Nevoeiro" da lista final... ;) E "Atonement", cadê?? Não acho o filme de Andrew Stanton clichê em moneto algum, mesmo queopte por aspectos já conhecidos de longa data nos filmes do gênero. E sab porquê, Kau? Porque são aspectos muito ternos - portanto ternura nunca é demais, hehehe.
Sobre seus vencedores,não assisti "Estômago", mas digo que todos os demais merecem reconhecimento, especiamente "Escafandro e a Borboleta" e "Sangue Negro". "Jesse James" não entra na minha lista poque vi ano passado...
Um grande abraço!

diasdechuva disse...

ebaaaaaaa menção hontrosa pra mamma mia huauhauhahu
adorei!
bjoooooo

cinefilapornatureza disse...

Kau, da sua ótima lista, ainda não consegui assistir "Queime Depois de Ler". E fico até com vergonha de dizer que ainda não considero "Sangue Negro" uma obra-prima. Acho que o filme do PT Anderson fica de fora de minha lista de melhores do ano.

Kaio disse...

Adorei a lista,Kau.Sangue Negro é um dos melhores filmes da história e da decáda,Into The Wild foi um dos grande injustiçados do Oscar,que tá no meu top 10 do ano tbm.Queime Depois de Ler é uma das melhores comédias do ano e The Dark Knight já pode se tornar clássico.Só No Country que merecia uma posição melhorzinha,como tinha comentado na comu.auahuhauhauuahuhauhaa

jeff disse...

kau, ótima lista! todos grandes filmes, alguns mais, outros menos. só não concordo com a inclusão de 'o assassinato de jesse james' não por ser ruim, mas pelo filme ter sido lançado no brasil em 2007. o ano dele já foi. hehe
alguns dos meus preferidos não entraram, como atonement, linha de passe, juízo, once, mas fiquei feliz ao ver into the wild e estômago.
e preciso rever urgentemente sangue negro!
quanto wall-e, também passa longe dos meus preferidos. e mamma mia também. xD

[]s!

Museu do Cinema disse...

Um dia ainda vou entender o pq desse amor a Batman que muitos blogueiros tem, confesso que para mim é surreal, era um filme que colocaria fácil nos piores. Nunca vi tantos clichês reunidos.

Fico me coçando todo em ver Cavalo das Trevas numa mesma lista de Sangue Negro.

cinevita disse...

Sua lista ficou ótima, Kau. Eu não estou nem um pouco preparado para fazer uma. Ainda quero ver muitos outros.

Do seu top, Persepolis está entre meu top 20 (com possibilidades de entrar no top 10), ao lado de Onde os Fracos Não Têm Vez, Batman - O Cavaleiro das Trevas, Na Natureza Selvagem, O Escafandro e a Borboleta, e claro, Sangue Negro. Todos lutam por uma colocação no top 10, com exceção de alguns já garantidos. Os únicos que senti falta de verdade foram Desejo e Reparação e Wall-E.

O Assassinato de Jesse James foi o sétimo (se não me engano) colocado da minha lista de melhores do ano passado, visto que ele é oficialmente uma estréia no BRASIL de 2007 (vi ele nos cinemas).

Estômago eu não vi. E nem Queime Depois de Ler. Mas pretendo ver ambos. Já 4 Meses, 3 Semanas e 2 Dias vou conferir ainda esta semana, estou bastante curioso.

Ciao!

Vinícius P. disse...

Puxa, Kau, sua lista está excelente! Realmente são grandes filmes que marcaram esse belo ano para o cinema. Só acho que "WALL-E" deveria estar aí, mas como você explicou o motivo de deixá-lo de fora, tá tudo bem então ;-) Dos seus 5 melhores filmes, 3 estarão na minha categoria de melhor filme. Dos todos, 5 ficarão no meu top 10. Abs!

- cleber ! disse...

Acabo de sentir falta do Lumet na lista!

Kau disse...

Jonathan, sabia que vc não iria gostar da manção. Pode ficar tranquilo que passo no seu blog!

Cleber, uso as datas de estréia originais para fazer lista de Oscar. Top 10, só com estéia nacional mesmo. O filme do Lumet perdeu para as inclusões de Batman, Queime Depois de Ler e afins.

Weiner, magoei váááários corações com as exclusões de Wall-e e Desejo e Reparação. Mas, como comentei acime, achei a animação deslumbrante em termos visuais, mas clichê, sim, na abordagem. É fofo, óbvio! Mas não me convenceu 100% (e a nota é 8,0 anyway). Assista Estômago que é incrível!! Abração!

Vivi, vc acha que eu iria esquecer??? Beijos!

Kami, não precisa ter vergonha. Cada um põe e tira quem quer. Ex.: Wall-e saiu da minha mas entrará na sua ;D !! Beijos.

Kaio, eu rebati seu comentário lá, hahahahahahaha. O drama dos Coen quase ficou de fora, juro! Mas fique contente por estar aqui, mesmo que em nono. ;D

Jeff, exatamente. Jesse James estreou no circuito nacional em 2007, mas aqui em Curitiba só chegou em Fevereiro deste ano. Levei com consideração as estréias locais mesmo. Assista Sangue Negro, vc vai gostar! Abraços!

Cassiano, jura? Bom, como eu bem disse, detesto super-heróis. DETESTO! Mas este The Dark Knight eu achei um espetáculo. Desde o roteiro, passando pelo elenco e terminando nos excepecionais efeitos. Uma pena que não goste...

Wally, como eu disse ao Jeff, Jesse James estreou aqui em Curitiba somente em Fevereiro deste ano. Levei em consideração as estréias locais. O filme romeno que irá assistir é bem complicado e, por oras, indigesto... tenha paciência amigo! Abraços.

Vinícius, estou numa onda de causar polêmica, não? Primeiro com o texto sobre homossexualidade, agora com as exclusões de Wall-e e Atonement... tsc tsc tsc... um dia vcs me expulsam da comunidade blogueira, hahahahahaha. Abraços!

THIAGO PAULO disse...

Olá...Se fosse para minha lista ser parecida com a sua...só tiraria Onde os Fracos não tem vez dela (Pois é, não gostei desse filme), e colocaria Na Natureza Selvagem em primeiro, mais só porque ainda não vi Sangue Negro. E também adorei Mamma Mia! e O Nevoeiro. Também vou colocar a lista dos filmes que vi... e depois os que mais goste.

Abraços...

Kau disse...

Thiago, eu achei Onde os Fracos Não Têm Vez absurdamente bem feito. E temática é muito forte e merece ser vista mais de uma vez. Aguardo sua lista. Abraços!

Matheus Pannebecker disse...

Kau, eu vou premiar "Mamma Mia!" em algumas categorias e muita gente vai me xingar haha Mas eu também gostei do filme! Achei plenamente divertido e com um elenco em grande harmonia!

Kau disse...

Matt, que bom ler isto!!!! Não estou sozinho, hahahahahaha!

Cecilia Barroso disse...

Adorei a lista, Kau!

Concordo com você e já estava esperando algo assim mesmo... Hehehe.

Que venha 2009. E cheio de bons filmes.

Beijocas

Ramon disse...

Grande top 3! Hehe!

Concordo com o Wall*E fora da lista, discordo do Batman (embora ache uma escolha mais antenada com a realidade do que a minha) e no mais, é tudo questão de gosto, mesmo.
O que importa é que apesar das diferenças os melhores parecem realmente ser unanimidade.

Abs!

Anônimo disse...

ler todo o blog, muito bom